Café?

Vamos sair do mundo um tanto
deixa melhorar que a gente volta
Vai ver, nunca aconteça
mas, vai entender a cabeça daqueles que sonham

É como ver além do mar

Vamos pela porta dos fundos
que haja silêncio e desatenção
que ninguém compreenda a nossa fuga
apenas entendam que há tanta lágrima por aqui

É como ser o próprio mar…

Há tanta gente tão só
procurando se achar no retrovisor
Como se a vida fosse um velho filme francês
Há tanta gente a se procurar
mas, o mundo é ébrio nas paixões
Como se a vida fosse um best-seller doce

Café?

Ithalo Furtado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s