Testamento

Quero minha vida
Filme de Almodóvar
Música de Tom
Livro de Clarice
Quero minha vida
Uma eterna arte
De tudo o que mais eterno existe

Como a poesia
Dos que se permitem
Quero a alma estranha
De todos os poetas
Como a minha vida
Que eu tanto quero
Como a eterna arte
De tudo o que é mais eterno

Quero minha vida
Como o andar sem jeito
Do garoto estranho
Indo pro colégio
E quero o mesmo amor
Que se esconde fundo
No que se diz ser amor
E não se mostra ao mundo

Como o sorriso
Da família na foto
Como a saudade triste
Do solitário velho
Quero minha vida estrela que arde
Isso tudo é parte do que chamo de eterno

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s