Delírio

Toda fantasia haverá de ser fruto
do medo da realidade
e que esta seja sempre a mais bonita
– e jamais obra sensata –
por que toda sensatez conduz a alma ao abismo das convicções
e é lá que habita toda perca e toda busca vã por si

Ora, mas, o que faz o poeta
senão fazer da palavra um delírio de diamantes?

42-17880121

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s