Pela retina da alma

Estava chovendo e eu pus uma cadeira no canto da sala
para ver além dos pingos que brincavam na janela
alguma novidade simples que a chuva pudesse me trazer
ou que a chuva me fizesse ver coisas além da minha própria visão

Eu vi uma nuvem sorrindo
pro pássaro em busca de abrigo
Eu vi um homem de papel
sustentando o vício de recriar o próprio céu
Eu vi uma mulher se despindo
e julgando quem pelas casas ia se vestindo
Eu vi uma guerra florescer em cada gesto
como a flor que perfuma o caminho de todo homem honesto

Eu vi a aventura encalhada
pela garota que trocou a boneca pela migalha
Eu vi a mão indecisa
por sobre a palma de outra mão que precisa
Eu vi a loucura mais bonita
no coração de cada louco que palpita
Eu vi Deus na obra de um artesão
quis ser também areia dessa criação

Eu vi a juventude com medo
da própria rebeldia e de ter que se livrar dos velhos brinquedos 
Eu vi o garoto com espinhas no rosto
sendo julgado por seu desencanto e tendo que aceitar esse desencanto imposto
Eu vi os olhos do someliê sem brilho
por alimentar o vício que matou seu filho
Eu vi a senhora já sem sonhos
na praça alimentando solitários pombos

Eu vi a mãe que da a mão
e a mãe que rasga o coração
Eu vi o pai que é verdadeiro
e o pai que finge paternidade o tempo inteiro
Eu vi a arte no caderno do menino
linha por linha descreve o que é se sentir sozinho
Eu vi a calçada cheia de gente
a seguir modas, placas e tentações diferentes

E da cadeira, na minha sala cheia de móveis velhos
do alto da minha inexistência, diante da perfeição de se conceber
Eu vi do céu cair uma pequena caixa de madeira
que ao se aproximar do chão rompeu
frágil como a vida, misteriosa como a noite
cheia…de luz, poesia, bondade, amor, paz e o verdadeiro rumo
vazia…para os que não acreditavam em mais nada nesse mundo

20071030-chuva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s